Celpe inicia ação de ordenamento de fios de telefonia no Recife

08/09/2020
Operação acontece durante esta semana, e tem como objetivo verificar se a fiação instalada nos postes atende às normas técnicas de segurança estabelecidas pela distribuidora  
   
A Companhia Energética de Pernambuco (Celpe) inicia, a partir desta terça-feira (08), ação para o ordenamento da fiação de telefonia nos postes do município do Recife. A operação será na Avenida Engenheiro Abdias de Carvalho e na rua Estrada Velha do Bongi, atendendo a diversos bairros do município. As atividades, que têm conclusão prevista para a última quarta-feira do mês (30), contam com o suporte de equipes técnicas da distribuidora para remoção de fios de telefonia e internet instalados irregularmente nos postes da concessionária.  

Conduzida pela Celpe e informada com antecedência para as empresas de telefonia e internet que possuem contrato com a distribuidora para compartilhamento da infraestrutura, a operação é necessária para garantir que os fios de telecomunicações instalados nos postes não representem risco de segurança à comunidade e prejuízo ao fornecimento de energia elétrica. Os provedores de internet e telefonia têm, portanto, um prazo estipulado para realizarem as adequações e as empresas que não cumprirem têm as redes irregulares removidas.  

Além dos fios instalados de forma irregular pelas empresas que possuem cadastro com a Celpe, existem ainda situações de clandestinidade, quando provedores de internet instalam a fiação à revelia da distribuidora, sem qualquer comunicação e fora de todos os padrões técnicos de segurança. Devido ao período da Covid-19, a ação será realizada obedecendo todos os padrões de segurança necessários, com equipes dimensionadas para realização da atividade em distanciamento seguro e com equipamentos de proteção.  
 
Sobre a Celpe  
A Companhia Energética de Pernambuco (Celpe), empresa da Neoenergia, distribui energia elétrica para os 184 municípios de Pernambuco e para a cidade de Pedras de Fogo, na Paraíba. Também é responsável pela geração e distribuição de energia elétrica no Arquipélago de Fernando de Noronha. Sua área de concessão é de 98,5 mil quilômetros quadrados. A empresa tem 3,7 milhões de clientes (9,4 milhões de habitantes). 
 
Voltar